Anvisa libera importação de remédio feito com substância da maconha

A Agência também mudou as regras para tornar mais fácil a importação de produtos de canabidiol, permitindo que os pedidos, com a documentação completa, sejam analisados prioritariamente.

O remédio à base de substâncias da cannabis passou por vários testes de segurança e eficácia e é possível saber exatamente o que está dentro do frasco ou comprimido. No remédio estarão duas das cerca de 40 substâncias obtidas a partir das folhas de maconha.

O remédio será aprovado para os sintomas de espasticidade (rigidez dos músculos) da esclerose múltipla e, como todo medicamento, pode trazer efeitos ruins, neste caso, sedação e prejuízos à memória.

Como se trata de um remédio novo, com poucos e pequenos estudos, o uso só deverá ocorrer quando outras drogas não funcionaram ou o paciente não tolerou bem outros remédios.

Fonte: Bem Estar